quinta-feira, 14 de maio de 2015

Os Benefícios do Óleo de Coco Extra Virgem

Os Benefícios do Óleo de Coco Extra Virgem



Por serem ricos em ácido láurico, óleos vegetais de coco são muito procurados pela indústria de alimentos e da química cosmética, entre outros motivos, por sua baixa rancidade, sua facilidade de derreter e sua habilidade de formar emulsões estáveis e espuma. Esses fatores têm levado o óleo de coco a ser usado como o melhor substituto da gordura animal em margarinas, biscoitos, bolos, sorvetes e cremes para bolos, substituindo também a manteiga de cacau. Aliado a isso, o óleo de coco tem maior grau de digestibilidade que qualquer gordura, incluindo a manteiga, e isso devido a seu alto percentual de glicerídeos assimiláveis (91%).



Promove a saúde do coração

 O óleo de coco extra virgem auxilia no balanceamento das taxas de colesterol do sangue por manter ou aumentar o índice do bom colesterol (HDL), contribuindo para a prevenção e o tratamento de doenças cerebrais e cardiovasculares (Mesink & Katan, 1990; Willet et al, 1993; Ascherio & Willet, 1997; Lichtenstein et al, 1999; Norton et al, 2005).

Contribui para um metabolismo saudável promovendo a perda de peso
Estudo publicado em 1986 no American Journal of Clinical Nutrition, realizado por uma equipe liderada pelo Dr. T.B. Seaton, concluiu que pessoas que comeram alimentos que continham Ácidos Graxos de Cadeia Média (como os encontrados no óleo de coco) aumentaram sua taxa metabólica em média 12%, em comparação com um aumento de apenas 4% para aquelas que comeram as refeições com ácidos graxos de cadeia longa (TCL). Outra pesquisa, publicada no mesmo periódico científico (2000), confirmou que o corpo queima o óleo de coco três vezes mais rápido do que muitas outras gorduras.
Já em recente estudo (2008) publicado também no American Journal of Clinical Nutrition  chegou-se a conclusão que o consumo de óleo de cadeia média (como o óleo de coco), melhora a perda de peso em comparação com azeite de oliva e pode assim ser incluído com sucesso em uma dieta de emagrecimento.
Todos esses estudos revelaram que a adição de Ácidos Graxos de Cadeia Média na dieta podem “produzir perda de peso se consumidos durante longos períodos de tempo, mesmo sem redução calórica no consumo”. Portanto, segundo os pesquisadores, uma pessoa poderia comer a mesma quantidade de calorias e ainda assim perder peso, se esta pessoa incluísse alimentos ricos em Ácidos Graxos de Cadeia Média em sua dieta! O óleo de coco é o alimento natural que apresenta a maior quantidade de Ácidos Graxos de Cadeia Média dentre todos os demais óleos vegetais conhecidos.
Saiba um pouco mais sobre o coco-da-baia
Nome científico: Cocos nucifera L.
Família: Palmae
Origem: Desconhecida, provavelmente Ásia.
Nomes comuns: Coco-da-baia, coco-da-praia, coco verde, coco seco
Características da planta: palmeira inerme, solitária, de estipe cilíndrica, lisa, podendo chegar a até 20 m de altura. Folhas de até 6 m de comprimento, com bainha de fibra grosseira e cor castanha, pecíolo longo e cerca de 100 pinas (folíolos) distribuídas em intervalos regulares. Fruto de forma ovóide, com cerca de 15 cm de diâmetro que, quando maduro, apresenta coloração castanha; possui polpa abundante de até 2 cm de espessura e a cavidade central contém um líquido aquoso ou leitoso, conhecido como água-de-coco.



Nome do Ácido Graxo
Porcentagem
Observação
Tipo de Gordura
Acido Láurico
45% a 52%
Triglicerídeo de cadeia Média
Gordura Saturada
Acido Mirístico
16% a 21%
Triglicerídeo de cadeia Média
Gordura Saturada
Ácido Caprílico
5% a 10%
Triglicerídeo de cadeia Média
Gordura Saturada
Ácido Cáprico
4% a 8%
Triglicerídeo de cadeia Média
Gordura Saturada
Ácido Capróico
0.5% a 1%
Triglicerídeo de cadeia Média
Gordura Saturada
Ácido Palmítico
7% a 10%
Triglicerídeo de cadeia longa
Gordura Saturada
Ácido Oleico
5% a 8%
Triglicerídeo de cadeia longa
Gordura Insaturada
Ácido Palmitoleico
Em traços
Triglicerídeo de cadeia longa
Gordura Saturada
Ácido Linoleico
1% a 3%
Triglicerídeo de cadeia longa
Gordura Insaturada
Ácido Linolenico
Até 0.2%
Triglicerídeo de cadeia longa
Gordura Insaturada
Ácido Esteárico
2% a 4%
Triglicerídeo de cadeia longa
Gordura Saturada


Fonte: Finococo e google
imagens;google e http://planetaorganico.com.br/site/index.php/oleo-de-coco/

Ácido Laurico para Beleza e Saúde

Ácido Laurico para Beleza e Saúde

image fonte;http://ejerciciosencasa.es/beneficios-del-aceite-de-coco/

Pesquisas cientificas demonstram que o ácido láurico possui a capacidade de
aumentar o sistema imunológico pela ativação da liberação de uma substância chamada
interleucina 2 (Wallace, F A et al.), que faz a medula óssea fabricar mais células brancas de
defesa (isso é muito bom para quem tem imunidade baixa como pessoas com AIDS e
Câncer). Além disso, os óleos láuricos agem como antiinflamatórios pela inibição da síntese
local de prostaglandinas (PGE2) e interleucina 6 que são substâncias pró-inflamatórias
presentes em quadros reumáticos, artrites e inflamações musculares. Ou seja, eles são
antiinflamatórios.
Quando o ácido láurico chega aos nossos intestinos ele é quebrado pela enzima lípase e se
transforma em monolaurina. A monolaurina é absorvida pelos intestinos e vai ao sangue.
Esta substância, cujo precursor é o ácido láurico, destrói a membrana de lipídios que envolve
os vírus bem como torna inativas bactérias, leveduras e fungos. A ação atribuída a
monolaurina é a de que ela solubiliza os lipídios contidos no envoltório dos vírus, causando a
sua destruição. Há assim uma potencial atividade antiviral e anti-bacteriana desta substância
contra vírus perigosos como Epstein-Barr, causador da mononucleose e bactérias como
aHelicobacter pylori, principal causa hoje do câncer do estômago

EXISTE TB OS OLEOS LAURICOS QUE CARREGAM UMA ENORME CONCENTRAÇÃO DE ACIDO LAURICO, UM EXEMPLO É 

Os óleos láuricos são óleos obtidos de coqueiros nativos de países tropicais. Se destacam,
frente a outros tipos de gorduras, pela sua concentração elevada de ácido láurico,
componente importante do leite materno humano, para o fortalecimento imunológico do
bebê.
Algumas observações levaram à descoberta que óleos láuricos estimulam a função da
glândula tireóide. O bom funcionamento desta glândula, faz com que o mal colesterol (LDL)
produza hormônios que reduzem a velocidade de envelhecimento do corpo como o DHEA,
pregnenolona e a progesterona. Estes hormônios reduzem sintomas associados à
menopausa e tensão pré-menstrual na mulher, problemas cardiovasculares, obesidade,
entre outras doenças. 

fonte;Google

domingo, 27 de abril de 2014

Pele do rosto como o "bumbum de neném? E' possível com Hipoglos

Pele do rosto como o "bumbum de neném? E' possível com Hipoglos


Todo mundo sonha em ter uma pele como das atrizes de cinema, linda, macia e sem rugas. Mas como sabemos também que isso é praticamente impossível, nada como ter um pouco dessa maravilha ao nosso alcance. Lógico que para conseguir algum resultado em nossa pele temos que ter um certo controle e muita boa vontade para seguir com todos os cuidados.
RetinolSó que normalmente coisas simples e baratas sempre são pouco divulgadas, que essas máscaras caseiras fazem sim um ótimo resultado. Então a dica de hoje é sobre as maravilhas que o Hipoglos faz com a nossa pele, sim aquele mesmo que se usa para bumbum de bebes .
O hipoglos é com certeza um dos melhores cremes para rejuvenescimento fácil e corporal sendo usado até no Japão com esse intuito.
É excelente para o rosto, pois possui  (que é vitamina A) - e possui a vantagem de poder ser usado no sol, diferente do ácido retinóico (que causa manchas e queimaduras).
Possui óxido de zinco (que protege a pele)
Possui vitamina D.
“Retinol é a forma mais pura da Vitamina A. Estimula a produção e a regeneração das fibras de colágeno e elastina que dão sustentação a pele, ajudando assim a amenizar as rugas, linhas de expressão e outros sinais de envelhecimento causados pela ação do sol como as manchas senis.
Resumindo, o Retinol restabelece o aspecto saudável da pele.”
Aqui vão algumas diquinhas divinas de como podemos estar usando o Hipoglos:
Máscara para o rosto:
- coloque em um recipiente não metálico uma quantidade de 2 colheres de sopa de Hipoglos e 1 ampola de vitamina A. Misture bem!
- Antes de usar a máscara, lave o rosto com o sabonete Soapex, para limpar profundamente o rosto e ter uma maior absorção da máscara, retire o excesso de água do rosto com uma toalha e aplique a máscara por todo o rosto e deixe por 1 hora, após esse período, lave o rosto novamente tirando a máscara e lave denovo com o sabonete Soapex.
- Use essa máscara uma vez por semana. Se preferir fazer a noite, pode dormir com a máscara sem problema nenhum!
Outras dicas que valem muito a pena!
Passe uma camada de hipoglós após a sua depilação para evitar ou acabar com as irritações na pele!
Para amenizar olheiras, passe uma fina camada nas olheiras antes de dormir. Retire pela manhã.
Pode ser utilizado nos lábios para evitar rachaduras e curar lábios partidos.
Ameniza manchas na axila ou virilhas!

Nota da autora: Apesar de alguns gostar do de amêndoas, dizem que o segredo é o tradicional pela sua formula!!

fonte;http://www.dasmariasblog.com/post/1224/pele-do-rosto-como-o-bumbum-de-nenem-e-possivel-com-hipoglos

domingo, 2 de março de 2014

Resveratrol, o segredo da eterna juventude?

Resveratrol, o segredo da eterna juventude?


Resveratrol-o-segredo-da-eterna-juventude2SPECTRAL-DESIGN - RF - THINKSTOCK
Em vários países, as notícias vem apontado o resveratrol como o segredo da eterna juventude. Histórias realmente incríveis vem sendo relatadas, destacando as propriedades deste componente do vinho tinto. Já ganhou o rótulo de fonte da juventude por seus benefícios anti envelhecimento, de fonte de energia e anti inflamatório, e, ainda, como redutor de açúcar no sangue.

Com tanta pompa e tanta glória, a indústria resolveu investir, lançando o suplemento natural que ganhou o nome popular de “pílula do vinho tinto”, que concentra numa única cápsula o resveratrol de centenas (há quem diga de milhares) de garrafas de vinho tinto. Se o vinho tinto é fonte, logo a uva vermelha também o é. E em menor escala, o amendoim.

Tanta publicidade atraiu a curiosidade da comunidade científica. Estudos americanos feitos pela Universidade de Harvard, comprovaram que esta substância sim, retarda o envelhecimento, combate o câncer (acredita-se que seja mesmo capaz de matar células cancerígenas), e ajuda no controle de peso. Tudo isso por conta de um dos seus componentes, denominado SIRT 1. Este componente reduz, ou inibe o depósito de gordura no organismo, e desacelera o processo de envelhecimento, pois é uma espécie de renovador natural das células do corpo humano.

A discussão em torno do resveratrol é tanta, que o mais que conceituado programa de de investigação americano 60 minutes (60 minutos), transmitido pela CNN, dedicou uma de suas emissões a falar do seu poder antioxidante.

Usado há muito nas culturas asiáticas para tratar problemas no fígado e cardíacos, a frequência do uso também protege o sistema nervoso central e regula a produção de hormônios.
Quando combinado com as vitaminas C e E reduz o risco da Doença de Alzheimer, e os estudos sugerem que pode ser um grande aliado no tratamento de AVCs, ou de traumas e lesões na coluna vertebral.

Para usfruir dos benefícios, a dose diária recomendada é de 50 miligramas.

Antes de comprar um suplemento de resveratrol tenha cuidado, pois alguns fabricantes também pode estar a beneficiar-se desta fama, e a composição de alguns suplementos tem apenas “um pouco” de resveratrol. Descarte a compra daqueles que na composição indicam a presença de açúcar, sílica, amido ou sabor artificial.

fonte;http://www.outramedicina.com/913/resveratrol-o-segredo-da-eterna-juventude

Os Únicos Ingredientes Anti-Idade que Realmente Funcionam

Os Únicos Ingredientes Anti-Idade que Realmente Funcionam


Em média, mulheres usam 12 produtos cosméticos diariamente e vários desses garantem ter propriedades anti-idade, mas será mesmo? Muitos cremes caros com algas ou caviar prometem reverter os sinais da idade, mas na realidade, os ingredientes mencionados e muitos outros não funcionam.

A seguir, uma lista dos ingredientes anti-idade que realmente funcionam e que devem fazer parte da sua rotina de beleza:

Vitamina A

Tretinoína – também conhecido como Retin A, é a fórmula ativa da vitamina A e só pode ser comprado com prescrição médica. Uso tópico melhora a textura da pele, suaviza rugas e trata hiperpigmentação (manchas). Pode causar irritação e peeling.
Retinol – forma menos potente de vitamina A disponível sem prescrição médica. É eficaz em tratar os sinais da idade após 12 ou 24 semanas de uso contínuo.
Retinaldeído – outra forma de vitamina A e mais uma opção de tratamento para o rejuvenescimento da pele. Demonstra melhora significativa no tratamento de rugas.
Retinil Palmitato – outra forma de vitamina A que protege a peles contra os danos do sol a nível molecular. Porém resultados só foram observados in vitro.
Ácidos Hidróxidos

Agentes em peelings químicos que causam o processo de exfoliação profunda, entre eles: ácido glicólico, ácido málico, ácido láctico e ácido cítrico. Você pode comprar produtos que possuem ácidos de concentrações menores que 10% sem prescrição médica. Cremes com 8% ácido láctico e 8% ácido glicólico demonstraram melhora significativa na pele quando usados por 22 semanas. Concentrações de 25% engrossam a derme e epiderme e aumentam a elasticidade da pele.

Vitamina C

Antioxidante tópico que age a nível molecular e protege a pele contra os raios nocivos do sol, aumenta a produção de colágeno e diminui inflamação. Você pode e deve misturar seu próprio sérum de vitamina C, veja a receita no link.

Vitamina E

Antioxidante que neutraliza radicais livres na pele e oferece proteção contra o photo-envelhecimento da pele.

Ácido Lipóico

Exfoliante e anti-inflamatório. Concentração de 5% diminuiu rugas após 12 semanas de tratamentos em testes.

Vitamina B3 (Niacina)

Antioxidante potente que aumenta a barreira de lipídios na pele e assim reduz perda de água. Aplicação tópica reduz o número de rugas, aumenta elasticidade e trata hiperpigmentação. Você pode misturar seu próprio sérum de niacina.


Todos os dias novos ingredientes que prometem combater os sinais de idade saem no mercado, como flavenóides e derivados de café, mas apenas os citados acima foram extensamente testados e comprovados. Não se deixe enganar, analise os ingredientes em seus cosméticos e faça a coisa certa para a sua pele.

Fonte: Revisão Científica por Nolan KA and Marumur ES. publicada no Jornal de Drogas Dermatológicas

domingo, 23 de fevereiro de 2014

ANTIENVELHECIMENTO, RADICAIS LIVRES E ANTIOXIDANTES.

ANTIENVELHECIMENTO, RADICAIS LIVRES E ANTIOXIDANTES.

A sua idade cronológica condiz com a biológica? Certamente a resposta irá depender de seu estilo de vida e hábitos. Ambiente desfavorável à um estilo de vida adequado, sedentarismo, fumo, estresse emocional, baixa qualidade do sono, sobrepeso ou obesidade, são fatores que predizem à longo prazo como estará mantido o corpo/organismo. Isso traduz quando indivíduos com a mesma idade cronológica, apresentam diferenças em relação a parência, vida produtiva, capacidade intelectual...  ou seja, envelhecer é uma ação indivividual, a velocidade e forma serão distintas de pessoa para pessoa.

"Nós, seres humanos, envelhecemos obedecendo a ritmos e velocidade completamente diferentes uns dos outros. Mesmo que consideremos pessoas com a mesma idade cronológica, a velocidade com que cada uma delas está, neste exato momento envelhecendo, é tão individual quanto a sua impressão digital. Se analisarmos dez indivíduos com 50 anos e que comemorem o aniversário exatamente no mesmo dia, ao aferirmos os seus processos metabólicos, iremos constatar que cada uma delas tem, na verdade, idades totalmente diferentes. Isto deu lugar a um conceito novo e exatamente importante: Idade Biológica, ou seja, a sua idade funcional ou a idade do seu metabolismo." Dr. Ítalo Rachid.

Radicais livres
Os radicais de oxigênio (radicais livres) e o superóxido são produzidos de forma continua e possuem um papel importante nas reações que ocorrem no organismo, em níveis adequados são essenciais, como por exemplo, na produção de prostaglandinas, combatendo vírus e bactérias, agem na coagulação sanguínea, cicatrização... No entanto, em quantidades excessivas são responsável aos processos patológicos, podendo destruir membranas celulares, como o DNA. O stress oxidativo e a inflamação são fatores de risco às doenças degenerativas crônicas crescentes na população como o diabetes, doenças cardíacas, câncer, além do envelhecimento precoce.

Não só pelo processo digestivo, mas ao respirar utilizamos o oxigênio como combustível às células para produzir energia sob a forma de ATP. Entretanto, neste processo contínuo, por meio de reações químicas, moléculas ficam livres, podemos dizer assim que, "resíduos" são formados.

Quando as células do corpo usam o oxigênio, eles produzem naturalmente os radicais livres (subprodutos), que podem causar danos. O organismo em situação normal produz condições específicas para proteção contra danos às células causadas por radicais livres, captam e neutralizam seu excesso. Estes antioxidantes, não são todos produzidos pelo nosso organismo, fato que devemos consumir nutrientes.

Os antioxidantes atuam como "varredores de radicais livres" e, portanto, podem prevenir e reparar danos causados ​​por esses radicais livres. Os problemas de saúde, como doença cardíaca, degeneração macular, diabetes, câncer são todos causados por danos oxidativos. Os antioxidantes podem também aumentar a defesa imunológica e, portanto, menor o risco de câncer e infecções.

Para você ter uma ideia, antioxidantes endógenos produzidos pelo nosso organismo são as enzimas SOD, catalase e glutationa peroxidase, os antioxidantes exógenos, devem ser fornecidos através da alimentação entre eles alguns exemplos estão as vitaminas A, C, E, betacaroteno e outros carotenóides, polifenóis, selênio, zinco, cobre, manganês, biotina, coenzima Q10, ácido alfalipóico.
A presença de radicais livres pode resultar em câncer, acidente vascular cerebral, problemas cardíacos, envelhecimento precoce, e muitas outras doenças degenerativas. Células não funcionam corretamente quando os radicais livres as afetam.

Como os radicais ocorrem em nosso metabolismo naturalmente, mas também são formados por influências ambientais, como poluição, fumaça do cigarro dos outros, radiação e agrotóxicos; os ANTIOXIDANTES são nutrientes poderosos que prevenir, reduzir, atrasar ou reparar os danos oxidativos às células do nosso corpo causados ​​pelos radicais livres.

Por enfatiza-se a NUTRIÇÃO DIÁRIA? A forma mais simples e eficaz para alcançar uma boa saúde e longevidade é o foco sobre ela, já que é a  melhor maneira de repor as "ferramentas" ao pleno funcionamento do organismo.
Existem certos alimentos que contêm uma quantidade excepcionalmente grande em antioxidantes. Aqui estão cinco dos alimentos antioxidantes:

A maioria dos antioxidantes comumente conhecidos
Vitamina A e carotenóides, encontrada em alimentos como cenoura, abóbora, brócolis, batata doce, tomate, couve, melão, pêssegos e damascos
Vitamina C
As frutas cítricas como laranja e limão, etc, pimentão verde, brócolis, vegetais de folhas verdes, morangos e tomates
Vitamina E
Nozes e sementes, grãos integrais, vegetais verdes folhosos, óleos vegetais e óleo de fígado
Selênio
Peixes e crustáceos, carne vermelha, cereais, ovos, frango e alho

Outros antioxidantes comuns:
Alguns fitoquímicos:
Flavonóides / polifenóis: Soja, vinho tinto, uvas, romã, cranberries, chá
Licopeno: Tomate e seus produtos, caqui, melancia
Luteína: Vegetais verde-escuros, como couve, brócolis, kiwi, broto de bruxelas e espinafre
Lignanas: Semente de linho, aveia, cevada, centeio

Mais antioxidantes:
Coenzima Q10 ( CoQ10 )
Glutationa
As enzimas endógenas antioxidantes:
Superóxido dismutase (SOD)
Catalase
Glutationa peroxidase

Já que os antioxidantes são encontrados em abundância no feijão, grãos, frutas e legumes, procure variar sua dieta, inclua frutos com cores brilhantes - luteína em alguns dos pigmentos amarelos encontrados no milho, laranja melão, abóbora e manga; vermelha do licopeno de tomate e melancia...  É melhor obter esses antioxidantes dos alimentos, em vez de suplementos. Além disso, minimize a exposição do estresse oxidativo, tais como tabagismo...

Por Greice Caroline Baggio.

ALIMENTAÇÃO PARA RETARDAR O ENVELHECIMENTO.

ALIMENTAÇÃO PARA RETARDAR O ENVELHECIMENTO.


Comer menos, dizem os cientistas, faz você viver mais. E melhor?
Não, afirma Luciana Aun, médica cirurgiã e autora de "Segredos do Antienvelhecimento" (ed. Livre Expressão, 165 págs., R$ 34).

Para manter a saúde e retardar os efeitos do passar dos anos no corpo é preciso até consumir algumas calorias extras -desde que vindas dos alimentos certos e com novos arranjos nas proporções de cada grupo de nutrientes conforme a fase da vida, segundo a médica.

Sua teoria é a de que, a partir da pré-menopausa ou da andropausa, época em que começa o declínio hormonal na mulher e no homem, respectivamente, é preciso comer mais gorduras "boas".

Ela propõe uma mudança na tradicional pirâmide alimentar, que indica as proporções de consumo diário para cada grupo de nutrientes.

 No esquema tradicional, as gorduras ficam no topo da pirâmide: significa que devem ser ingeridas nas menores quantidades diárias. Aun defende que, ao envelhecer, a pessoa mude essa proporção.

"Gorduras boas, especialmente as ricas em ômega 3, facilitam a fabricação e o transporte de hormônios, sem causar inflamação", diz.

OUTRO LADO
A ação anti-inflamatória do ômega 3 já foi comprovada. E as gorduras são mesmo importantes para o trabalho hormonal. Mas os argumentos não são suficientes para aumentar o consumo do nutriente, na opinião do cardiologista e nutrólogo Daniel Magnoni, do Instituto Dante Pazzanese Cardiologia.

"As gorduras não podem passar de 35% do total de alimentos consumidos ao dia. Demais, até mesmo gordura boa faz mal."

O problema, segundo o cardiologista, é que o nutriente altamente calórico (um grama tem nove calorias) aumenta também gordurinhas que ninguém considera do bem, como aquelas ao redor da cintura.

As consequências não são só estéticas: os pneuzinhos também aumentam o risco de doenças cardiovasculares.

ANTIOXIDANTES

Outro ponto da dieta antienvelhecimento proposta por Aun é aumentar a reserva de antioxidantes, substâncias que combatem os radicais livres, moléculas relacionadas aos processos degenerativos do organismo.

Para melhorar o aproveitamento dos antioxidantes fornecidos pelos alimentos, a médica sugere que eles sejam consumidos em forma líquida pelas pessoas mais velhas.

A ideia é facilitar o trabalho de digestão. "Todo processo metabólico, como o digestivo, gera um 'lixo' celular, fonte de radicais livres. Se economizamos nesse processo, sobra energia e nutrientes para músculos, pele e órgãos funcionarem melhor."
Mas também não dá para levar muito ao pé da letra essa dieta líquida.
Em alguns casos pode ser bom, mas não é fundamental para garantir a absorção das substâncias que a pessoa precisa, segundo a bioquímica e nutricionista Lucyana Kalluf, do Instituto de Prevenção Personalizada, de São Paulo.

"O melhor é fazer um 'bem-bolado' de líquidos e sólidos, de alimentos que ajudam na regulagem hormonal e de antioxidantes", diz Kalluf.

E lembrar que, para envelhecer bem, o corpo não quer só comida. "Não adianta comer tudo certinho se você vive estressado ou deprimido", diz Aun, que também colocou a atividade física e a meditação em sua pirâmide.

Fonte: Folha, Médica propõe mudança alimentar para retardar envelhecimento. Acesso em 03/05/2012.
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12